Não ao Estupro- Crime Contra a Humanidade

Não ao Estupro- Crime Contra a Humanidade

By 31 de outubro de 2016 Sem categoria

violencia-contra-mulheres

A violência sexual é uma arma terrível e covarde contra a Liberdade e a Vida do ser humano.O estupro desumaniza as vítimas, quebra a dignidade e rasga os Direitos Humanos ultrajando o mais sagrado deles o direito inviolável à Vida.
O estupro contra as mulheres jovens e crianças é um crime imperdoável. Em nosso século XXI, infelizmente, este execrável crime ainda acontece em países em conflitos de guerra. E um dos países mais perigosos do mundo neste tipo de crime contra a mulher é a República Democrática do Congo e depois o Afeganistão.
O Tribunal Criminal Internacional considera o estupro crime de lesa-humanidade, além de ato desumano e imperdoável de acordo com a Anistia Internacional.Em Julho deste ano, no relatório divulgado pela ONU Mulher, foi confirmado que desde 1996 até hoje mais de duzentas mil mulheres foram vítimas de violência sexual no Congo e também por motivos étnicos, de raça e de guerras entre tribos.
No ínicio dos anos 90, foram vítimas de violência sexual uma média entre 25 a 50 mil mulheres na Bósnia -Herzegorvina, sendo a maioria mulçumanas. Na guerra de Ruanda estima-se entre 250 a 500 mil mulheres violentadas, o mesmo ocorrendo na guerra da Líbia.
Este crime configura falta de amor e respeito aos Direitos Humanos e continua acontecendo no mundo inteiro. Uma agressão ou outro tipo de violência a mulher em qualquer parte do mundo é um crime imperdoável contra a Liberdade e a Humanidade.